Quantas vezes você pega um serviço, envia um orçamento pro cliente e quando coloca a mão na massa ver que a mão de obra é maior do que imaginava, e chegando à conclusão que cobrou menos do que deveria?? 

Em algum momento da vida de quase todos os reparadores isso já aconteceu, né?! 

Exatamente sobre isso que vou te falar agora. 

Primeiro de tudo é preciso ter uma referência, uma tabela de referência para realizar seus orçamentos. 

Lá vai a DICA: Software de orçamentação Tempário é uma ótima tabela de referência para cometer menos o erros na orçamentação. 

Algo que devemos observar é que um carro muda muito, exemplo é o palio, quantas gerações tem do palio?!

Erro que pode acontecer é da oficina trocar a embreagem do palio geração 5, e quando chega na oficina um palio geração 6 ou 7, com o mesmo serviço, o orçamentado de referência, muitas vezes, é do palio geração 5 e ao executar o serviço, surpresaaaaaaa… tem algum parafuso da parafuseta da rebimboca que faz o orçamento ser mais barato que deveria, talvez uma ferramenta que você vai precisar e não tem.

E aí, como voltar atrás com o cliente?!

Não tem jeito né?! Infelizmente é um dinheiro perdido…

Por isso é importante a referência, pois ajuda muito ter um case na prática. 

Ao formatar seu orçamento consulta uma tabela de orçamentação, pois você pode se surpreender com o resultado. 

Imagine você fazer uma orçamentação para troca de embreagem de uma S10, pela sua cabeça, você cobraria R$ 600,00, mas ao consultar a tabela de referência do Tempario, identificou-se que para esse serviço o valor cobrado em média é de R$ 1200,00.

Você liga para concessionaria para ter certeza sobre o valor e ela informa que cobra R$ 1600,00. 

Conclusão: você cobraria a metade do valor que poderia cobrar, talvez não chegue no valor de referência de R$ 1200,00, mas pode chegar mais próximo possível.

E isso pode acontecer com outros serviços diferentes.

Sei que muitos de vocês se ajudam nos grupos de Whats, e muitos buscam essas informações nesses grupos, mas imagine se o valor hora/homem dessa oficina que tem o valor de R$600,00 for menor que da sua oficina?! por isso é importante buscar a informação em lugares padronizados. 

Quando eu tenho padronização de tempo, o risco de errar na orçamentação é mínimo.

Pelo código de defesa do consumidor, depois que foi enviado um orçamento, ele não pode ser reajustado se o seu cliente não quiser, pois já foi aprovado anterior a execução do serviço.

Vamos pensar no contrário de erro dos exemplos dados acima. 

Sua oficina cobrou muito mais do que o cobrado no mercado, isso pode prejudicar sua imagem com o seu cliente, pois ele pode se sentir enganado, extorquido, podemos perder esse cliente. 

Temos sempre que lembrar que o nosso mercado, na visão do cliente, é corrompido, “prostituído”, as pessoas vão numa oficina mecânica mais por indicação de outra pessoa, com a recomendação de um mecânico correto, honesto e etc.